Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

Um pensamento assim de raspão...A modos que tiro de raspão de canhão...

Um amigo que já não caminha entre nós tinha uma particularidade estupenda...

Discordávamos em tudo e mais alguma coisa, menos num ponto...

As maiores lições são aquelas que aprendemos por nós mesmos e não aquelas que nos teimam en ensinar...

Tenho uma falha de carácter enorme que se resume no seguinte...

Sou exigente, porra!!!

Sou muito exigente...

E porque é que isto é uma falha de carácter???

Porque nem toda a gente está à altura dessa exigência...Exijo dos outros o mesmo que exijo de mim mesmo...E como sou muito exigente comigo mesmo, muita gente fica pelo caminho...

Não é fácil???Pois, nunca ninguém disse que isto era uma rampa a descer...

Não vou aqui fazer citações de Freud, invocar Sócrates (muito menos depois do discurso dele hoje à noite, que me interrompeu a telenovela...) ou dar um ar da minha graça a escrever 500 palavras quando posso resumir tudo numa singela análise rápida...

Gosto muito de todos os meus defeitos...Permitem-me ser o egocêntrico invulgar que aqui escreve e a pessoa que de uma forma ou outra, me tornei...Não gosto da postura de vedeta de Hollywood, imaculada e intocável...

Como dizia esse meu amigo, como, durmo, bebo e f*do...E mais uma séria de muitos outros defeitos que só a mim me dizem respeito e cujo interesse daqui por uns anos hão de dar uma autobiografia ao mais alto nível tipo Fernando Alvim...

Múltipla escolha...

Tenho notado cada vez mais que as empresas aderiram fortemente ao sistema de triagem nas suas centrais telefónicas...Por um lado, acho que até tem alguma viabilidade...É da maneira que encaminham os utentes para o serviço desejado...Por outro lado, quando há 185 serviços diferentes, a coisa torna-se um martírio tão grande como ser obrigado a ver a carreira televisiva da Teresa Guilherme, amarrado a uma cadeira e amordaçado para não pedir socorro...

Os hospitais são um exemplo gritante disto que estou a escrever...Imaginemos que um gajo liga para um hospital para marcar uma consulta...É recebido por uma voz jovial que nos indica o seguinte...

- Consultas, marque 1...Exames, marque 2...Fisioterapia, marque 3...Se é o cigano que nos gamou a cadeira de rodas que estava à entrada da Urgência, marque 4...Se cortou o seu pénis acidentalmente com a faca eléctrica de cortar pão, marque 5...Se é mulher e não tem um pénis para cortar acidentalmente com a a faca eléctrica de cortar pão. marque 6...Raio X, marque 7...Cirurgias ligeiras, marque 8...Cirurgias assim assim, marque 9...Cirurgias de elevada complexidade, marque 10...Sandes de atum com maionese, marque 11...Sandes de atum sem maionese, marque 12...Gangrenas, marque 13...Na impossibilidade de marcar o nº 13 porque já se esvaiu em sangue, espere até chegar alguém que marque o nº por si, o meta num daqueles sacos todos pipis e declare o óbito...

Tirando o nº 13 por razões óbvias, qualquer nº que um gajo marque faz com que a ligação vá parar algures...Supostamente dentro das instalações hospitalares...E aí, voltamos a ouvir a mesma voz...

- Por favor, não desligue...A sua chamada é muito importante para nós...

E começamos a ouvir Richard Clayderman em loop...durante 10 minutos...Intercalado com aquela vozinha que já não nos parece tão jovial a dizer...

- Ainda não nos foi possível atender a sua chamada...Mas ela continua a ser importante para nós...

E passam-se mais 10 minutos...a levar com o Clayderman e a porra do piano...

E lá vem a voz que por esta altura, já é mais irritante que uma urticária...

- Ok...A verdade é que a sua chamada não é...como dizer...importante para nós!!!

E como não queremos mais ouvir o Clayderman, acabamos por desligar...

Tudo isto faz-me pensar que a administração dos nossos hospitais são baseadas no Theme Hospital...O que eu adorava esse jogo...E o que eu aldrabava nele também...LOL

E vocês, já têm passado por este martírio telefónico???

Só mesmo neste país...

Realmente funcionamos um pouco na base do ovo de colombo...

Ouvi eu nas notícias que para combater o índice elevadíssimo de assaltos a caixas multibancos dentro dos nossos tribunais, decidiu-se que...Não há mais caixas multibancos para ninguém dentro dos tribunais!!!

Hum...Não seria mais interessante tentar capturar os meliantes, instead???

Questiono-me se isso também é válido para outras questões...

- Para evitar o aumento do desemprego, deixa de haver sexo...Não há bebés, não há crianças, não há adolescentes com as hormonas aos saltos sedentos de sexo, o que leva imediatamente à depressão e ao aumento dos suicídios ali prós lados do Aqueduto das Águas Livres...Aumenta o tráfico de orgãos, mas o desemprego cai em flecha...

- Para evitar os assaltos aos postos de abastecimento em viaturas de alta cilindrada, passamos todos a ir a pé e de bidon na mão...Com acesso condicionado a fumadores, por razões óbvias...Antes assaltado do que pelos ares...

- Para evitar o fumo passivo, os fumadores passam a fazer um upgrade para cocaína, ou na pior das hipóteses, cal...Também é branca, mas com a cal a desgraça é quase imediata...E se houver lugar a autópsia, sempre se pode pedir ao médico legista a cal inalada...Pode dar jeito nas pinturas de Primavera...

E tantas outras...Agora ficava aqui o resto da madrugada...

 

Pequenas observações...

Todos os homens que eu conheço têm um bocado a pancada do coleccionismo...

Uns até são coisas banais como selos ou cadernetas do México 86...Outros, já roçam o improvável como isqueiros de todos os tamanhos e feitios, discos rígidos pejados de pornografia ou anões de porcelana no jardim (sim, eu conheço homens que se vêm obrigados a ter a Branca de Neve e os 592 anões...de porcelana no Jardim...)

No meu caso, tenho um sério problema de coleccionismo de emails...Vou apagando um aqui, outro ali, mas deixo acumular centenas...Hoje, não sei bem porquê, deu-me para ir limpar a pasta do Inbox...

Várias conclusões...

- Um porradão de newsletters da Galp por causa do cartão de pontos...Ainda estou à espera do dia que possa trocar os meus pontos por volumes de tabaco...

- O Berardo continua a aliciar-me com os seus convites...Venham eles que é sempre um prazer dar um saltito ao CCB...

- A Greenpeace...Sim, eu recebo newsletters da Greenpeace...Sou gato, gosto de peixe...

- Newsletters de informática...São mais que as mães...Perdi a conta às centenas delas desde Junho que apaguei hoje...

- Inúmeros mails de muitos amigos...O meu Outlook tem uma particularidade interessante...De momento, deixa receber mails, mas mandá-los, tá quieto!!!É mais esquisito que o dono...Vou ter de instalar a porra do Thunderbird ou coisa que o valha, sei lá...A todos aqueles (leitores e não leitores desta magnífica obra literária) que por alguma razão não têm notícias minhas vai para, digamos...3 ou 4 meses, não estranhem...Mandem um pombo correio...Esse de certeza que cá chega, e com um pouco de arroz faz-se um petisco de lamber as beiças...

As coisas engraçadas que se descobrem...

Twitter...

As coisas que um tipo descobre nos confins da internet...Nada para alegrar a vida de um felino como trocar umas palavras com o Borat ou dizer ao William Shatner que a Enterprise não vale um pito sem ele ao volante daquela porra...Não há Spock que artilhe aquilo ao melhor estilo de Space Racing...

Gostei...

As eternas questões...da treta!!!

Hoje foi-me colocada uma questão de certa forma pertinente...

 - Porque é que os homens não têm sensibilidade suficiente para verterem umas quantas lágrimas a ver uma qualquer comédia romântica ou drama?

A minha resposta à mulher que fez esta questão foi a seguinte...

- O Padre Amaro não é uma comédia romântica...O Batman também não...Lágrimas ultimamente, só a ver os longos discursos do Sócrates...

 

Vamos lá falar como gente grande...

Já me cansa um bocadito ouvir constantemente que os homens são bestas insensíveis, que são incapazes de ler uma obra prima literária, que não vertem uma lágrima a ver um filme que apele mais à sensibilidade...Bullshit...Se é assim, também posso dizer que 90% das mulheres não sabem distinguir uma boa cerveja duma análise de urina ou a beleza de ver um clássico do Dirty Harry...

Querem exemplos?O gato dá...

"Crepúsculo"...Ou "Twilight"...Toda a gente fala pelos cotovelos sobre o raio do filme...Tenho por hábito começar a minha observação da obra pela livro...O livro?Não me aqueceu nem me arrefeceu...Dei a lei da dúvida...Comprei o "Lua Nova"...Pessoalmente já me caiu mais no goto...Gosto de uma escrita descritiva...Veremos se me dá para ver a sequela...Sim, porque vai haver uma porra de uma sequela...

Querem exemplos de uma adaptação cinematográfica completamente falhada???"As palavras que nunca te direi"...Eis um filme que nunca o devia ter sido...Não só ficou a milhas do livro (a minha vénia ao Nicholas Sparks) como na minha opinião, estragou tudo aquilo que de bom o livro alcançou...Algo que acho que não irá acontecer com este "Nights on Rodanthe" ou "O Sorriso das Estrelas", para vos facilitar...Diane Lane?Richard Gere?Banda sonora de Gavin Rossdale???Lembro-me de ter lido este livro anos atrás...Fiquei sempre com uma imagem na minha mente da casa da praia...E ao ver o trailer, entro em choque...É a porra da casa, sem tirar nem pôr!!!

As 170 páginas mais relidas dos últimos tempos...E a dizer eu, digo muito homem de barba rija que conheço...Deixo-vos o trailer...

 

Então?

I thought so...

Deixo-vos mais uns quantos exemplos que me tocaram de alguma forma, em versão cinematográfica...

- Notting Hill

- Love Actually

- The Lake House

- The Diary of Bridget Jones

E deixo mais uns 200 de fora, porque vou precisar de assunto para os próximos meses...

Resumindo...Tanto existem homens que gostam de um bom filme que puxe para o sentimento como mulheres que adoram um filme de porrada de meia noite...Há de tudo...Pessoalmente?Gosto de humor negro, sarcasmo, romance, porrada e drama...Uma espécie de "Uma Louca História do Mundo" meets "Matrix" e pelo caminho dá de caras com "Shaft" a ver um qualquer filme do Woody Allen enquanto passa pelo set de filmagens do "The Lake House"...

Desafio...

A Bó Fá desafiou-me...

E eu como até ando muito sossegado, este desafio vem mesmo a calhar...

Uma avaliação pessoal mediante os 7 pecados mortais...Parece-me bem...Mais ainda porque duvido que não haja um sequer que eu não tenha cometido ao longo dos anos...Hipocrisia, não...

 

Gula - Gula?No sentido de comer um buffet inteiro?Não...Não me imagino a terminar como o pobre coitado do "Seven" que pereceu deste pecado...Mas gosto de comer uns petiscos...Se estiver rodeado de um bando de amigos tão ou mais doidos que eu, tanto melhor...

 

Luxúria - Os pecados da carne...Ouvi falar vagamente deles...E levando em linha de conta que não sou vegetariano...

 

Avareza - Não sofro desse mal...Não vivo à grande e à francesa, mas longe de ser um agarrado ao vil metal...Parafraseando a Bó Fá, não sou uma pessoa rica, mas há quem me ache uma rica pessoa...Pode ser do Ecstasy, não sei...

 

Inveja - Não vejo nas costas dos outros, um alvo...Se as pessoas alcançam sucesso, fico feliz por elas...A minha felicidade não é dependente do quão infelizes aqueles que me rodeiam são...Não é uma forma simpática de estar na vida...

 

Ira - Ah sim...Há sempre aquelas pessoas que têm de esticar a corda mais um bocadito só para ver se os milhentos avisos que uma pessoa faz, têm razão de ser...E como se costuma dizer, quem avisa, amigo é...E os meus calos são sensíveis...Quem os pisa, é bom que saiba o que está a fazer...Ou pelo menos, que saiba a guerra que compra... Falha de carácter?Porque não?Não almejo a perfeição, nem fazer passar essa imagem...

 

Soberba - Por vezes, há que engolir o orgulho e saber definir as nossas próprias limitações enquanto humanos...Todos falham...

 

Preguiça - Se não ter vontade de sair da cama de madrugada, com um nevoeiro londrino lá fora e a água a uma temperatura tépida de -8º for considerado preguiça, então processem-me!!!

 

E pronto...Passar a 8 camaradas de armas...Pá, vocês já sabem que eu sou anti regras, não sabem?Cheguem-se à frente...

As 30 coisas que eu já fiz...

Seguidor atento do blog do Tóxico como sou, dei por mim a sorrir a ver a lista dele das 30 coisas que ele já fez, e que só o Diabo sabia...

Pois bem, já que lhe faço propaganda à borla, nada como plagiar-lhe a ideia e fazer eu mesmo a minha lista dos 30...

Avizinham-se choques anafiláticos...

 

- Já passei dias inteiros só com café no bucho...A média rondava os 8 a 9 diários...E não era água de lavar pratos...Era café a sério...

- Já fiz grandes jogos de xadrez...O mais memorável foi em Paris num jardim com um velho de bigode farfalhudo que me fazia lembrar o Quim Barreiros...E perdi...

- Já acampei no topo de um prédio no Campo Grande com aviões da TAP a fazerem altas razias...Sim, acampar com tendas mesmo...Loucos tempos de adolescência...

- Já passei grandes noites de jogatana no Bingo com os amigos...Os velhotes das mesas ao lado é que não achavam muita graça...

- Já acordei de uma noite de copos na bagageira do meu carro...Não me recordo muito bem é como é que fui lá parar...

- Já dormi em espeluncas em que até as baratas se recusavam a pernoitar lá...

- Já roubei descaradamente a banca quando jogava Monopólio...LOL

- Já dormi nos bancos da estação de comboios de Coimbra B...Não recomendo...Aquilo é duro que nem cornos e frio que parece o ártico...

- Já estourei um ordenado e um subsídio de Natal para comprar a guitarra dos meus sonhos...A família é que não achou muita piada na altura...Actualmente, são 240 contos que estão metidos num estojo...Lindo...Veludo verde...E ela, maravilhosa...Preta...

- Já comprei vinis simplesmente porque gostei da capa...Nem me dei sequer ao trabalho de ouvir o conteúdo antes de comprar...

- Já andei à bulha por causa de uma rapariga...Também digamos que com 14 anos, andamos à bulha por causa de tudo e mais alguma coisa...

- Já passei 3 horas e meia a regatear a porra de um quadro na República Dominicana...Mas comprei pelo meu preço...

- Já tive uma faca de dimensões substancialmente grandes encostada à garganta...E garanto-vos...Não é uma sensação de todo agradável...

- Já estive em cima de um palco a tocar para cerca de duas centenas de pessoas...E tirando os primeiros minutos que ficas em pânico, a coisa é bem curtida...

- Já tentei fazer bricolage com um berbequim...Cheguei à conclusão que sou melhor como mestre queijeiro...Pelo menos, a casa ficou ao estilo queijo suíço...LOL

- Já fui viciado no jogo...Muito mesmo...

- Já entrei num bairro social de fato e gravata com todos os mânfias a olharem e a pensar que eu devia ter algum desejo de morte...

- Já fiz mergulho em Palma de Maiorca...A porra da água mais salgada que já senti nos olhos...

- Já espatifei dois modems contra a parede do escritório...

- Já passei uma noite na esquadra por desacatos e insultos à autoridade...

- Já tive dias de fumar três maços de tabaco...O que vale é que já foi há muitos anos...

- Já dei por mim a chorar a ouvir o meu vizinho a tocar guitarra...Nem o assassinato do JFK se compara ao que o puto faz aquela guitarra...Jesus Christ...

- Já abasteci gasolina num carro a gasóleo, o que correu muito bem, como devem imaginar...A empresa ficou felicíssima...

- Já dei 220 km/h de Andorra para cá...Que maravilha de estradas...

- Já bebi 12 shots de seguida...Faltou um bocadinho assim...para o coma alcoólico...

- Já dei por mim a gritar a altos berros num restaurante "Com quem é que é preciso dar uma queca para um gajo ser servido aqui?"

- Já dei por mim a olhar para as instruções de montagem de um móvel e achar que aquilo eram planos da NASA para a construção de um Space Shuttle...

- Já fiquei sem a porta de um carro, cortesia de um autocarro da Carris...É uma imagem um pouco estranha ver um carro a passear por Lisboa sem a porta do lado do condutor, porta essa que estava enfiada no porta bagagens semi aberto...Inesquecível...

- Já pensei 200 vezes que este post está a dar um trabalhão do caraças e que já devia ter apagado isto...

- E por fim...Já sorri umas quantas vezes a lembrar-me dos episódios hilariantes que aqui escrevi...

...

Estava aqui eu descansado a fumar um cigarro e a adiantar serviço, quando ouço na rádio a seguinte afirmação...

"As meninas tenham cuidado...Não casem com homens muçulmanos...É só sarilhos..."

Admito que a afirmação por si só, já foi causadora de alguma perplexidade.Saber que o foi o D. José Policarpo a dizer isto é motivo para questionar donde é que isto veio...

Tabaco a mais no sistema?

Alguma pita shoarma que lhe terá caído mal?

Ter sido mal atendido num restaurante marroquino?

Alguma mesquita que construíram de frente para casa dele???

É que isto soa-me um pouco a...Como é que se diz...Ah...Xenofobia!

Sempre pensei que o fim do mundo seria anunciado pela chegada dos 4 cavaleiros do Apocalipse, mas só depois é que reparei é que a Betty Grafstein, a Júlia Pinheiro, o Albarran e a Luciana Abreu já cá andam há demasiado tempo...A Betty, inclusive, já cá andava ainda o Big Bang não tinha surgido, portanto vejam lá...

Quando eu julgo que nada mais nesta vida me é capaz de surpreender, eis senão que D. José Policarpo no seu melhor...

 

Pág. 1/3

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Janeiro 2009

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D